Thursday, October 17, 2013

Questionamentos

Às vezes eu questiono minha capacidade/habilidade/vocação de/para ser mãe.

Porque não basta "sonhar" ser mãe, ter o relógio biológico tique-taqueando, achar todo bebê lindinho e tomar conta do sobrinho uma vez por mês para ser uma boa mãe.

Sem entrar no mérito do trabalhão e da responsabilidade que é ser mãe, o motivo que me levou a escrever esse post surgiu essa manhã. Estou olhando pra ela agora.

Comprei um jogo de massinha novo pra Laura, chamado Moon Sand, que aparentemente não resseca. O negocio parece uma maizena. Logo esfarela. E faz uma bagunça. E eu me estresso.

Agora, já viu criança NÃO fazer bagunça?! Pois eu espero que minhas filhas sejam limpas, organizadas e não façam bagunça. Quando relaxo e Laura brinca de massinha, com tinta, ou qualquer outra coisa que faça muita bagunça, eu tô atrás, reclamando, arrumando, pedindo pra ela fazer menos bagunça ou uma bagunça fácil de ser arrumada. No geral, eu não deixo pintar ou brincar de massinha. Nesse ponto, livro e TV são "brinquedos" bem limpinhos. Nesse ponto a creche é perfeita: a menina chega em casa imunda de lama e tinta. 

Uma coisa que me mata é o fato de ser quase sempre frio e chuvoso aqui, porque todas as vezes que deixei Laura pintar sem me estressar foi no jardim, quando estava sol ou nao muito frio. Lá ela pode fazer a bagunça que for, pintar até as arvores - sorry, Mãe Natureza - que por mim tudo bem. Mas como gente não tem uma área pra brincar, a zona fica na sala e ver a zona quase me dá ataque cardiaco.

Será que é medo das meninas serem zoneadas como o pai (a pessoa mais zoneada que eu conheço)? No geral, sou bem desorganizada e um pouco bagunceira, mas nada comparado com marido ou filha.

Juro que estou tentando rever meus conceitos (no quesito limpeza/arrumação ja relaxei muito comparado com o que eu era no Brasil), ser menos estressada com certas coisas e tentando ver o que é realmente importante na nossa vida e dentro do tempo disponivel que temos (brincar com as filhas ou arrumar a zona? Fazer almoço ou limpar a bagunça? Cuidar da pequena ou organizar a casa? Dormir ou faxinar?), mas toda vez que consigo "deixar pra lá", encontro um pedaço de massinha no carpete da escada e me dá arrepio na espinha.


3 comments:

  1. Anonymous7:49 PM

    Também odeio massinha. Geleca, então,,,

    ReplyDelete
  2. Ufaaa, não é só por aqui! Por sorte meu marido até que é organizado, mas sabe como é né, só quando ele quer! Nessa dia das crianças o Joaquim ganhou massinhas de modelar da minha cunhada, até ensaiei dar para ele, mas logo que viu quis por na boca, então guardei para brincar num futuro, quem sabe num passeio na casa da titia hein?!?! Hoje entendo a minha mãe, que detestava que desse massinha para nós! Quantoa bagunça, por aqui rolam brinquedos por toda a sala, no começo eu ficava arrumando e ensinando o Joaquim a guardar, e ele só assistia e quando eu terminava de guardar ia lá e espalhava tudo novamente. Hoje eu deixo, tenho uma política, só arruma uma vez, de preferencia depois que ele dorme, se não é trabalho perdido. E aos poucos vou me acostumando com as bagunças. Antes eu tentava faxinar a casa pelo menos 2x por semana, agora, vixe faxino 1x e olhe lá, no resto é só organização e limpeza de aparência!!!

    ReplyDelete
  3. Chris!!! Moonsand é o terror!!! Eu vetei aqui em casa e quando a Maria Clara brincava com a maldita na casa da minha mãe eu morria de estresse porque sujava o chão de pedra (do lado de fora, em volta da piscina). Depois eu ia lá com a mangueira e uma vassoura e não saia totalmente!!
    Eu confesso que tinha horror até de fazer bolo com elas, atividade que ficava por conta da vovó, mas que hoje eu assumi com "louvor" e até deixo que elas coloquem a farinha, açúcar e que quebrem os ovos!!

    ReplyDelete

Uuuuh, so you decided to comment, huh? Well done!